Query – Contextualização, aplicação e desempenho.

Uma Query em um sentido literal significa “Consulta” e é aplicada em um contexto de banco de dados referindo-se ao significado da palavra, porém a inserção e atualização de registros também acabam se aplicando à palavra Query, Entenda:

Quando nos deparamos com uma “Query Lenta”, podemos ter indícios de uma irregularidade no desenho de seu banco de dados, ou também pode indicar a falta de índices ao realizar uma consulta ou até mesmo a falta de performance do servidor para realizar esta consulta. Outra causa possível são scripts mal – comportados sempre relacionados na sua busca em seu banco de dados.

O Sistema gerenciador de banco de dados MYSQL, mantém um Log de Queries Lentas e a depuração deste LOG pode nos dar evidências das dificuldades listadas acima, estas dificuldades ocasionam na perda da performance de seus serviços podendo também ocasionar dificuldades na performance do servidor causando transtornos a você e aos seus clientes e visitantes, aumentando a desistência e reduzindo o ranking do seu site no Google.

Uma vez detectadas as queries lentas, é preciso avaliar como o MySQL está executando estes comandos. Para isto faz-se uso do comando EXPLAIN, que deve ser colocado antes do comando SELECT a ser estudado. Este comando irá exibir o plano de execução escolhido pelo otimizador.

Existem diversas informações apresentadas pelo EXPLAIN, a primeira delas é o SELECT_TYPE que mostra o tipo de consulta que está sendo processada. Estas podem ser consultas simples ou sem sub-consultas (SIMPLE) e SUB_QUERY ou UNION para comando que possuem consultas aninhadas. Além disto, o EXPLAIN fornece quais os índices estão disponíveis para a execução do comando (coluna POSSIBLE_KEYS), e o índice que ele está utilizando para a leitura do dados aparece na coluna KEY (NULL, caso não esteja fazendo uso de índices). Confira o exemplo abaixo.

É importante a resolução destes problemas para que seus serviços funcionem corretamente, sempre atendendo as expectativas de desempenho e performance sua e de seus visitantes e clientes em seu web site, rankings no Google, etc.

Atualizações de Scripts sempre são bem vindas, além de ajudar na resolução de Queries Lentas lhe previnem de muitos outros problemas como exemplo a prevenção de envio de spam, ou até mesmo o funcionamento correto de seu WordPress.

Também recomendamos que as consultas feitas em seu banco de dados não sejam abusivas a ponto de causar lentidões, pois o acesso ao storage (discos de memória do servidor) tem sido o principal fator de uma query lenta. Recomendamos também que esteja sempre a par de seu modelo de banco de dados, verificando e garantindo a funcionalidade do mesmo.

Por final, esperamos a compreensão deste artigo como um conselho amigável, afim de garantir a funcionalidade de seus serviços, atingindo sempre suas expectativas de desempenho e evitando quaisquer futuros transtornos.

Havendo qualquer dúvida, contate-nos através de um chamado em nosso suporte. Acesse: https://www.hostmach.com.br/suporte